III. À margem, novas relações